COMUNICAÇÃO

Vacinação contra a Covid: deputado quer inserir jornalistas em grupos prioritários

Vacinação contra a Covid deputado quer inserir jornalistas em grupos prioritários
Imagem: Reprodução/ iStock

O Projeto de Lei foi apresentado na última quinta-feira, 8, na Câmara dos Deputados

Jornalistas podem integrar o grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19. O Projeto de Lei que inclui a categoria foi protocolado na tarde de ontem, 8, pelo deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT). O documento reconhece que os profissionais da imprensa desempenham atividades essenciais à população durante a pandemia e estão expostos a alto risco de contágio.

Na justificativa do projeto, Dagoberto cita dados que comprovam o alto nível de transmissão e de mortes por Covid entre os profissionais da imprensa. De acordo com a última pesquisa divulgada pela Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), o Brasil é líder mundial de mortes por coronavírus entre jornalistas. Entre abril de 2020 e março de 2021, foram 169 vítimas da doença.

Leia mais:

“Apenas nos três primeiros meses deste ano, 86 casos fatais foram registrados. Um aumento, até agora, de 8,9% de mortes em comparação com 2020. A média diária de óbito dos profissionais por mês no ano passado foi de 8,5. Em 2021, essa média alcança 28,6 mortes. É como se um jornalista morresse por dia no Brasil”, argumenta o deputado federal.

Advertisement

Além disso, outra informação ressaltada é uma pesquisa da Universidade Federal do Rio de Janeiro (COPPE/UFRJ), que classifica a classe jornalística entre as mais expostas à Covid-19, com chance de contágio de 52%.

Repercussão do assunto

No Dia do Jornalista, 7 de abril, a inclusão dos jornalistas no grupo prioritário de vacinação foi solicitada também ao Ministério da Saúde. O pedido foi feito pelo senador Nelsinho Trad (PSD).

Além disso, o PL apresentado tem como base as prefeituras de municípios de todo o país que já anunciaram a implementação da medida e os pedidos de sindicatos dos jornalistas. Em Teresina, no Piauí, foi anunciado pelo prefeito que os jornalistas, professores e agentes da Guarda Civil farão parte do grupo prioritário. Até o momento, não foi informada a fase da qual eles farão parte.

Advertisement

SOBRE O AUTOR

Julia Renó

Jornalista, 23 anos. Natural de São José dos Campos (SP), onde vive atualmente, após temporadas em Campo Grande (MS). Formada pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (MS) e voluntária da ONG Fraternidade sem Fronteiras, integra o time de jornalistas do Grupo Comunique-se desde julho de 2020.

7 Comentários

COMENTAR

  • Deviam os cientistas pesquisarem e inventarem uma vacina especial para uma maioria de jornalistas… A da honestidade, da imparcialidade…. Pois o que vemos aqui neste nosso Brasil, é um vírus letal, que se infiltrou nas entranhas destes jornalistas de esquerda e os fez perder o senso da verdade… Se unem a políticos corruptos e corruptores de esquerda, para promoverem o caos, politizarem o Covid19 e disseminarem o pânico na população e tudo, por sede de derrubar a um presidente honesto e patriota, que abdicou de sua liberdade, de sua vida em paz com sua família, para por amor à pátria e ao povo brasileiro, libertá-lo de 20,30 anos de corrupção e empobrecimento…

  • Agora entendo que, na verdade, o que querem é apoio dos jornalistas. Deputado não está interessado no bem do Brasil, está interessado em não ter o filme queimado, assim como qualquer político.

  • O ideal seria vacina para todos já ! Mas como nós vivemos num mundo possivel ou quase possivel, melhor impossível de saber se podemos estar vivos amanhã nada mais justo que os jornalistas possam se vacinar antes que seja tarde…

  • Jornazismo não é serviço essencial, podem ser vacinados depois dos presidiários. Queremos jornalismo independente, não militância ideológica, SP é o Estado que mais morre gente e a mídia comprada com milhões do dinheiro público de nosso ICMS protege o governador.

  • Olá, tudo bem!?

    Parabéns pelo texto. Peço licença para salientar que, como trata de deputado federal, senti falta da sigla para informar a unidade da federal de procedência.

    Ex: Deputado Fulano de Tal (PDT – RJ)

    Grande abraço!

  • As foreign correspondent-journalist, based here in Brazil, I’m shocked about the level of respect for journalists and understanding what our collegues are exposed to everyday during this crisis.
    Despite of the quality of reporting or your own political of personal taste, it’s still a fact that journalists are (over)exposed to corona on a daily basis, practising their job for newsgathering.

    After a surgical procedure in case of heavy blood loss after an accident, you do not complain about the cosmetic appearance of the scar. A job is a job and must be done, but according to safety standards.

Prêmio Comunique-se

2021

A segunda etapa de votação está aberta!