Portal Comunique-se

Vacinação contra a Covid: deputado quer inserir jornalistas em grupos prioritários

banner - aniversário - comunique-se (1)

O Projeto de Lei foi apresentado na última quinta-feira, 8, na Câmara dos Deputados

Jornalistas podem integrar o grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19. O Projeto de Lei que inclui a categoria foi protocolado na tarde de ontem, 8, pelo deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT). O documento reconhece que os profissionais da imprensa desempenham atividades essenciais à população durante a pandemia e estão expostos a alto risco de contágio.

Na justificativa do projeto, Dagoberto cita dados que comprovam o alto nível de transmissão e de mortes por Covid entre os profissionais da imprensa. De acordo com a última pesquisa divulgada pela Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), o Brasil é líder mundial de mortes por coronavírus entre jornalistas. Entre abril de 2020 e março de 2021, foram 169 vítimas da doença.

Leia mais:

“Apenas nos três primeiros meses deste ano, 86 casos fatais foram registrados. Um aumento, até agora, de 8,9% de mortes em comparação com 2020. A média diária de óbito dos profissionais por mês no ano passado foi de 8,5. Em 2021, essa média alcança 28,6 mortes. É como se um jornalista morresse por dia no Brasil”, argumenta o deputado federal.

Além disso, outra informação ressaltada é uma pesquisa da Universidade Federal do Rio de Janeiro (COPPE/UFRJ), que classifica a classe jornalística entre as mais expostas à Covid-19, com chance de contágio de 52%.

Repercussão do assunto

No Dia do Jornalista, 7 de abril, a inclusão dos jornalistas no grupo prioritário de vacinação foi solicitada também ao Ministério da Saúde. O pedido foi feito pelo senador Nelsinho Trad (PSD).

Além disso, o PL apresentado tem como base as prefeituras de municípios de todo o país que já anunciaram a implementação da medida e os pedidos de sindicatos dos jornalistas. Em Teresina, no Piauí, foi anunciado pelo prefeito que os jornalistas, professores e agentes da Guarda Civil farão parte do grupo prioritário. Até o momento, não foi informada a fase da qual eles farão parte.

Compartilhe
0
0

Julia Renó

Jornalista, 23 anos. Natural de São José dos Campos (SP), onde vive atualmente, após temporadas em Campo Grande (MS). Formada pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (MS) e voluntária da ONG Fraternidade sem Fronteiras, integra o time de jornalistas do Grupo Comunique-se desde julho de 2020.

Papo de Redação

Prêmio Comunique-se

Patrocinadores Ouro

Patrocinadores Ouro



Patrocinadores Prata

Patrocinadores Prata



Patrocinadores Bronze

Patrocinadores Prata