COMUNICAÇÃO

Repórter de TV é vítima de sequestro relâmpago

reporter mieko wada
A repórter da TV Mirante, Mieko Wada, foi vítima de sequestro relâmpago em São Luís. (Imagem: Reprodução/TV Mirante)

Na noite de quinta-feira, 7, a jornalista Mieko Wada foi sequestrada com o filho em São Luis do Maranhão. A profissional está bem e falou sobre o ocorrido por meio das redes sociais

Repórter da TV Mirante, afiliada da Globo no Maranhão, a repórter Mieko Wada foi vítima de sequestro relâmpago na noite de quinta-feira, 7. O caso aconteceu na Avenida São Luís Rei de França quando ela foi abordada pelo bandido perto da Faculdade Pitágoras. A comunicadora estava acompanhada do filho e da diarista da família, que conseguiu ficar fora do carro.

De acordo com a imprensa local, o bandido tomou o veículo da repórter, um Renault Duster, e passou 20 minutos circulando com as vítimas pela cidade. Depois, ele roubou os pertences pessoais da jornalista, desceu do carro na Avenida Guajajaras no bairro São Cristóvão e fugiu.

Apesar do susto, tudo terminou bem. Em mensagem enviada pelo WhatsApp em um grupo para jornalistas, ela informou o momento em que deixou os criminosos. “Oi gente, eu acabei de deixar aqui o bandido aqui, perto da Cohab, está tudo bem, eu e Enzo (filho) estamos bem. O saldo não foi tão ruim. Estou até com meu celular na mão. Está tudo bem, gente, só preciso me localizar mesmo”, disse. Em seguida, a repórter seguiu para a delegacia e registrou boletim de ocorrência no Plantão Central.

Por meio do Instagram, ela reafirma que está bem e que os danos materiais são nada perto do risco que ela e o filho passaram durante o sequestro. “Queria agradecer de verdade pelas mensagens, pela preocupação e pelo apoio de todos e da polícia. Obrigada”, disse.

Leia mais

SOBRE O AUTOR

Redação Comunique-se

Redação Comunique-se

Equipe responsável pela produção de conteúdo do Portal Comunique-se. Atualmente, a redação é composta pelo editor Anderson Scardoelli e a repórter sênior Nathália Carvalho.

COMENTAR

COMENTAR