Uncategorized

Sem reajuste, jornalistas da EBC aceitam proposta e encerram greve

ebc proposta jornalistas
Jornalistas aceitaram proposta mediada pelo TST (Imagem: Reprodução)

Jornalistas aceitam proposta mediada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST). Acordo mantêm maioria das cláusulas econômicas e sociais que a empresa pretendia excluir

Acabou a greve na Empresa Brasil de Comunicação (EBC). O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo noticia que os empregados aceitaram a proposta mediada pelo Tribunal Superior do Trabalho em assembleia realizada na sexta-feira, 1° de dezembro. Segundo as informações, o reajuste salarial e de benefícios não foi atendido, mas, ainda assim, 353 profissionais votaram a favor.

Leia mais

A conversa entre EBC e empregados foi mediada pelo ministro Emmanoel Pereira, vice-presidente do TST. O sindicato comenta que o reajuste reivindicado não foi atendido, mas que os profissionais conquistaram a manutenção da maioria das cláusulas já garantidas no Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), incluindo os vales cesta alimentação extras, pagos apenas em junho e dezembro, bem como o Vale Cultura, que estavam entre os itens que a direção da EBC queria excluir do Acordo Coletivo.

Com a proposta, a greve foi encerrada. OS 11 dias de paralisação nas praças de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Maranhão terão que ser compensados em até 120 dias, limitados a duas horas a mais diariamente. A entidade informa que os trabalhadores têm direito de recusar a compensação, aceitando, assim, o desconto dos dias parados.

O sindicato informa que a direção da EBC será intimida pelo ministro Emmanoel Pereira para que a empresa se manifeste sobre a proposta e, se for aceita, o novo ACT será homologado no tribunal.

SOBRE O AUTOR

Redação Comunique-se

Redação Comunique-se

Equipe responsável pela produção de conteúdo do Portal Comunique-se. Atualmente, a redação é composta pelo editor Anderson Scardoelli e a repórter sênior Nathália Carvalho.

COMENTAR

COMENTAR

Prêmio Comunique-se