ESPECIAIS

Tas comanda novo ‘Provocações’

marcelo tas - provocacoes - tv cultura - antonio abujamra
Com Marcelo Tas, TV Cultura volta a "provocar" em entrevistas (Imagem: Juliana Ortega/FPA)

Repaginado, ‘Provocações’ volta à tela da TV Cultura com quadros e novo apresentador. Marcelo Tas assume o posto que por 15 anos foi de Antônio Abujamra

Semana de estreia na TV Cultura de São Paulo. Ou melhor, reestreia. Apresentado por Antônio Abujamra de 2.000 a 2.015, o ‘Provocações’ volta à emissora mantida pela Fundação Padre Anchieta na noite desta terça-feira, 14. Na nova fase do programa, Marcelo Tas terá a missão de conduzir entrevistas. Figurará, assim, no lugar do artista que morreu em 2.015, aos 82 anos.

O novo ‘Provocações’ seguirá apostando em entrevistas. Sempre uma por edição, como era no período em que Antônio Abujamra esteve no comando. Nesse sentido, nomes de alguns dos primeiros convidados já estão confirmados. A equipe de comunicação da TV Cultura informa que Ciro Gomes (estreia), Fernando Haddad, Maísa Silva, Kondzilla, Janaína Paschoal, Danilo Gentili e Maitê Proença serão entrevistados por Marcelo Tas ao decorrer das próximas semanas.

Entrevistas, contudo, não serão os únicos atrativos do programa semanal. Outros dois pilares básicos estarão presentes: filosofia e interação. A parte filosófica já teve demonstração por parte da própria emissora, que garante que a atração retorna com a missão de “romper o véu entre a alta cultura e a cultura pop – levando em conta, para a construção sua narrativa, nomes diversos e inusitados”. O quesito interação começa pelo modelo de transmissão. O conteúdo semanal será exibido às terças, a partir das 22h30. Irá ao ar simultaneamente por TV Cultura, afiliadas, canal no YouTube e aplicativo Cultura Digital. Nos dois últimos, o espectador terá chance de comentar em tempo real.

Interatividade

Os recursos interativos do novo ‘Provocações’ passam pela utilização de outras redes sociais. No Twitter e Facebook, por exemplo, o público será instigado a fazer uso da #Provoca. Vídeos enviados via WhatsApp também ajudarão nas pautas do programa, assim como entrevistas realizadas pela produção na rua. A ideia da direção da TV Cultura é fazer com que o produto tenha os “pés no mundo atual e vestido com toda a tecnologia e interatividade inerente a ele”.

Ao comentar a estreia como apresentador do ‘Provocações’, Marcelo Tas aproveita para filosofar. Ele também pontua que, em pleno 2019, ignorar as plataformas digitais deixa de ser uma opção. “Não há novidades em ‘Provocações’, exceto duas inevitáveis: o apresentador e a participação do espectador com a hashtag #Provoca. Viver na era das redes sociais aceleradas e contaminadas por algoritmos não é opcional. Por isso, decidimos trazer o tsunami das conversas virtuais para o programa. Sem perder o rigor da filosofia e o prazer pela vida. Afinal, aprendi com o velho Abu: o que é a vida? A vida é minha, estrago-a como quiser”.

marcelo tas - ciro gomes - novo provocacoes - tv cultura - antonio abujamra
Gravação da entrevista de Marcelo Tas com Ciro Gomes (Imagem: Yara Vidal/FPA)

Quadros novos

Diferentemente do propagado pelo próprio Marcelo Tas, o programa retorna à televisão brasileira com novidades no formato. Além das entrevistas e os poréns vindos das mídias sociais, a atração contará com três quadros. ‘Nada a Ver’ foi pensado para que o convidado exponha publicamente algo que não faça sentido algum para ele. Na ‘Hora da Selfie’, o entrevistado não tirará foto; terá de fazer uma autoanálise. Por fim, o ‘Olá, Classe’ (referência ao bordão do Professor Tibúrcio, personagem de Marcelo Tas no infantil ‘Rá-Tim-Bum’) exibirá perguntas formuladas por crianças.

Um questionador

Fazendo questão de dizer que admira os criadores do programa, o apresentador pontua: será questionador ao extremo. “Topei a tarefa de seguir com ‘Provocações’ porque, no mundo das informações 24 horas, de respostas imediatas para tudo, idolatrar a dúvida é preciso. Admirador dos mestres Antônio Abujamra e Gregório Basic, criadores de ‘Provocações’, lanço-me na missão quixotesca de cutucar o dragão da realidade embrutecida com a arma mais poderosa já inventada: o ponto de interrogação”, diz Marcelo Tas que, além do programa de entrevistas, segue como um dos comentaristas do ‘Jornal da Cultura’.

Leia mais – ‘Especiais’:

SOBRE O AUTOR

Anderson Scardoelli

Anderson Scardoelli

Jornalista, 29 anos. Formado pela Universidade Nove de Julho (Uninove) e pós-graduado em jornalismo digital pela ESPM. Há dez anos no Grupo Comunique-se, onde idealizou os projetos 'Correspondente Universitário' e 'Leitor-Articulista'. Na empresa, já atuou como freelancer (inserção de conteúdo), estagiário de pesquisa, estagiário de redação, trainee de redação, subeditor e editor-júnior. É, desde maio de 2016, o editor responsável pelo Portal Comunique-se e pelo conteúdo do Prêmio Comunique-se.

6 Comentários

COMENTAR