Portal Comunique-se

CNN Brasil cria marca para produções de entretenimento e soft news

cnn brasil - cnn soft - phelipe siani e mari palma
O casal Phelipe Siani e Mari Palma, que passa a integrar o núcleo 'CNN Soft'. (Imagem: Reprodução/YouTube/CNN Brasil)

Emissora passa a contar com núcleo para distinguir atrações que fogem do formato hard news

Compartilhe

A CNN Brasil começou o mês com a criação de mais uma marca — na verdade, um departamento para encaixar programas a serem lançados e que não se encaixam no modelo de hard news. Em comunicado enviado à imprensa na manhã desta quarta-feira, 1º de setembro, o alto comando do veículo de comunicação apresentou a divisão ‘CNN Soft’.

Leia mais:

No primeiro momento, a direção da emissora avisa que o ‘CNN Soft’ terá sob seu guarda-chuva quatro atrações que serão lançadas no decorrer dos próximos meses. Além disso, algumas das produções já no ar serão remanejadas para o mais novo núcleo, que terá como foco conteúdos classificados como entretenimento ou soft news, conforme definição do próprio canal, e que serão, sobretudo, exibidos na grade de fim de semana.

Também traremos mais oportunidades de negócios para nossos parceiros comerciais

Renata Afonso, CEO na CNN Brasil

CEO do projeto CNN Brasil desde abril, Renata Afonso avalia como importante a emissora ir além das hard news. “Aos finais de semana, vamos abordar temas mais leves, mas sempre com o DNA do canal, que é a informação”, avisa. “E, além de oferecermos mais conteúdo de qualidade aos nossos espectadores, também traremos mais oportunidades de negócios para nossos parceiros comerciais”, complementa a executiva.

Estreias previstas no ‘CNN Soft’

No comunicado em que fala sobre a criação da marca ‘CNN Soft’, o veículo de comunicação não confirma a data de estreia de nenhuma atração a fazer parte do núcleo. Os nomes dos futuros programas, contudo, foram revelados. É o caso do ‘Entre Mundos’, que será apresentado por Pedro Andrade, ex-integrante do ‘Manhattan Connection’. Com a primeira temporada sendo gravada nos Estados Unidos, a atração terá como propósito mostrar o estilo de vida de povos espalhados pelo mundo.

Ex-apresentadores do ‘Live CNN’, Mari Palma e Phelipe Siani voltarão a se unir na televisão com o ‘Em Alta’. O futuro programa vai se propor a funcionar como curador de produções disponíveis nas mais diferentes plataformas de streaming de áudio em vídeo. Ou seja: a atração a ser conduzida pelo casal de jornalistas vai falar de séries, filmes e podcasts.

Advogada com mestrado em direito penal que chegou à emissora como rival de Caio Coppolla (que há meses está na “geladeira”) no quadro ‘O Grande Debate’, Gabriela Priolli se prepara para assumir a função de entrevistadora. Em ‘À Prioli’, ela vai conversar com personalidades dos mais diversos meios de atuação. O foco das entrevistas será revelar um lado desconhecido dos famosos.

Historiador, palestrante profissional e professor universitário, Leandro Karnal seguirá no time de apresentadores da CNN Brasil. Ainda neste semestre, ele aparecerá no comando do ‘Universo Karnal’. Em fase de estruturação, a atração vai se propor a fazer reflexões sobre os mais variados temas.

Atrações que já existem na CNN Brasil

Além das anunciadas quatro novas produções, a marca ‘CNN Soft’ passará a contar já a partir desta semana com programas que já estão no ar na emissora. São cinco produtos ao todo: ‘Viagem & Gastronomia’ (Daniela Filomeno), ‘Sinais Vitais’ (Dr. Roberto Kalil), ‘Anthony Bourdain’ (André Mifano), ‘Produções Especiais’ (Glória Vanique) e ‘Nosso Mundo’ (Luciana Barreto).

Vamos diversificar nossa atuação em várias frentes, ampliar o mercado de trabalho e alimentar o ambiente de negócios

Renata Afonso, CEO da CNN Brasil

“A CNN chegou ao Brasil como um canal de notícias, mas caminha para ser uma empresa de comunicação mais ampla, com diversas unidades de produção e de negócios”, avisa Renata Afonso. “Vamos diversificar nossa atuação em várias frentes, ampliar o mercado de trabalho e alimentar o ambiente de negócios. Sempre levando conteúdo de qualidade para o público. O lançamento da CNN Soft é mais um passo nessa direção”, promete, por fim, a CEO do projeto que tem o bilionário Rubens Menin como dono.

cnn soft - divulgação
Parte do elenco do núcleo ‘CNN Soft’. (Imagem: Divulgação/CNN Brasil)
Compartilhe
0
0

Anderson Scardoelli

Jornalista, 32 anos. Natural de São Caetano do Sul (SP) e criado em Sapopemba, distrito da zona lesta da capital paulista. Formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho (Uninove) e com especialização em jornalismo digital pela ESPM. Trabalhou de forma ininterrupta no Grupo Comunique-se durante 11 anos, período em que foi de estagiário de pesquisa a editor sênior. Em maio de 2020, deixou a empresa para ser repórter do site da Revista Oeste. Após dez meses fora, voltou ao Comunique-se como editor-chefe, cargo que ocupa atualmente.

Megalive do Prêmio Comunique-se 2021

Prêmio Comunique-se

Patrocinadores Ouro

Patrocinadores Ouro



Patrocinadores Prata

Patrocinadores Prata



Patrocinadores Bronze

Patrocinadores Prata