ESPECIAIS

Eleições: Rede TV prepara debates multiplataforma

urna eletronica - eleicoes - istoe - rede tv - uol - debates multiplataforma - roberto jayme - tse
(Imagem: Roberto Jayme/TSE)

Ideia da Rede TV é, em parceria com IstoÉ e UOL, realizar debates de forma multiplataforma. Ao lado de revista e portal de notícias, emissora se aproxima de plataformas de redes sociais para cobertura especial das eleições

A revista IstoÉ, a emissora Rede TV e o portal UOL estarão juntos na cobertura eleitoral deste ano. A parceria jornalística se dará – pelo menos – na realização de debates eleitorais. O canal de televisão, em parceria com os outros dois veículos, prepara encontros entre os principais candidatos à presidência da República. Postulantes ao cargo de governador de São Paulo, estado onde está a sede da trinca de empresas de mídia, também serão sabatinados. Para os encontros sobre as eleições, a cobertura multiplataforma pretende ser o destaque.

Os encontros entre políticos que buscam ocupar o Palácio do Planalto e o Palácio dos Bandeirantes serão transmitidos para além dos canais mantidos por Rede TV, UOL e IstoÉ. Informações levantadas pela reportagem do Portal Comunique-se dão conta de que os debates com presidenciáveis e candidatos ao governo paulista serão transmitidos de forma simultânea por meio das redes sociais mais populares do país. Isso porque a emissora televisiva fechou parceria oficial com Facebook, Twitter e YouTube.

Superintendente de jornalismo e esportes da Rede TV, Franz Vacek reforça a importância jornalística do trabalho relacionado à cobertura da política brasileira. “Em um ano decisivo na política nacional, a Rede TV mantém sua tradição nos debates eleitorais de forma plural e isenta”, comenta o gestor da emissora. Ele destaca, ainda, o fato de se pensar além da tela de televisão. “E com o conteúdo distribuído em multiplataformas com parceiros relevantes no Brasil e no mundo”, diz o executivo.

Investimento no online

Parceira de UOL e IstoÉ nos debates durante as eleições, a Rede TV, responsável pela realização dos especiais, divulga a ação multiplataforma no momento em que figura como destaque entre produtores de conteúdo no ambiente online. Em abril, a emissora apresentou a segunda temporada da chamada “grade digital”. Neste mês, pesquisa deixa a página da empresa no YouTube em colocação nobre. O canal da Rede TV na plataforma de vídeos é o segundo – entre os brasileiros – mais acessado no exterior. A informação foi repercutida nesta semana pelo Portal Comunique-se. Em meio ao investimento na web, o jornalista Felipe Virgili foi nomeado chefe de redação transmídia do veículo.

Mediador e mediadoras

Os debates eleitorais multimídia Rede TV-IstoÉ-UOL serão mediados jornalistas do canal de televisão. A apresentação dos encontros com políticos ficará sob responsabilidade de Amanda Klein, Boris Casoy e Mariana Godoy. Os três têm ligação com a editoria de política. Âncora do ‘Rede TV News’, Amanda comanda o ‘É Notícia‘; a atração semanal traz entrevistas com agentes públicos do Brasil e do mundo. Com mais de meio século de carreira, Boris, entre tantas realizações na imprensa, criou o ‘Painel’; a coluna é editada até hoje pela Folha de S. Paulo. Mariana, por sua vez, já tem entrevistado possíveis candidatos à presidência em seu ‘Mariana Godoy Entrevista’.

Além do trio da Rede TV, veículo responsável pela estrutura e organização dos encontros, jornalistas da Editora Três, que publica a IstoÉ, e do Grupo Folha, que mantém o UOL, participarão dos debates. Os nomes dos representantes da revista e do portal de notícias ainda serão definidos.

amanda klein - boris casoy - mariana godoy - foto de thais mayume - rede tv - istoe - uol - debates multiplataforma - eleicoes 2018
Amanda Klein, Boris Casoy e Mariana Godoy já estão escalados para a cobertura das eleições. Eles irão mediar os debates multiplataforma promovidos pela Rede TV; emissora terá IstoÉ, UOL e redes como parceiros (Imagem: Thais Mayume/RedeTV)

Datas dos debates eleitorais

Os eventos a serem transmitidos em conjunto pelos três veículos de mídia já têm datas definidas. Visando o primeiro turno, o debate com presidenciáveis será realizado em 17 de agosto. Caso o sucessor de Michel Temer não se defina de imediato, os dois políticos que forem para o segundo turno já estão convidados para o embate em 15 de outubro. Para a corrida pelo governo de São Paulo, os debates estão programados para 24 de agosto (primeiro turno) e 19 de outubro (em caso de segundo turno).

SOBRE O AUTOR

avatar

Anderson Scardoelli

Orelhudo, observador e contador de histórias. Não necessariamente nessa ordem. De sua querida Estância Turística de Sapopemba, na zona leste de São Paulo, para o mundo. Graduado em jornalismo pela Uninove e com especialização em jornalismo digital pela ESPM, mas gosta mesmo de dizer que foi formado pelo Comunique-se. Trabalha na empresa há mais de 10 anos, indo de estagiário de pesquisa a editor sênior. No meio do caminho, foi estagiário de redação, trainee, subeditor, editor júnior e editor pleno. Gosta de escrever e de falar sobre (adivinhem?) jornalismo!

COMENTAR

COMENTAR