COMUNICAÇÃO

Jornalistas do Correio Braziliense estão em estado de greve

correio braziliense
Jornalistas do Correio Braziliense estão em estado de greve (Imagem: Divulgação)

Jornalistas do Correio Braziliense, dos Diários Associados, estão em estado de greve após os constantes atrasos de salários, benefícios, PLR e FGTS

Os jornalistas do Correio Braziliense não aguentam mais os constantes atrasos de salário, benefícios, PLR e FGTS. Sem reposta da diretoria sobre a regularização da situação, os profissionais de redação promoveram manifestação nesta semana e decidiram pelo estado de greve. O prazo de resposta para a empresa é na terça-feira, 20, caso contrário, os comunicadores poderão optar pela paralisação. A reportagem do Portal Comunique-se vem apurando a situação do impresso e, no ano passado, informou sobre o congelamento de férias, que é uma realidade por lá.

Leia mais

De acordo com a apuração, 80% da redação do Correio Braziliense aderiram ao movimento de estado de greve. Os profissionais reivindicam que até o dia 20 de março sejam realizados o pagamento de 100% dos freelas, quitação do vale refeição (os jornalistas contratados receberam o VR de fevereiro em 14 de março e não há previsão para depósito do valor deste mês) e metade do valor de PLR que ainda precisa ser quitado.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do DF (SJPDF) está acompanhando a situação do Correio Braziliense e cobra da empresa o calendário de pagamento. Ao Portal Comunique-se, a entidade explica melhor a questão do FGTS, que está há mais de três anos em atraso. Existe um processo coletivo na justiça para resolver a questão. Sendo assim, o veículo de comunicação tem a opção de resolver os outros pontos (salário, benefícios e PLR) e evitar a possível greve da próxima semana.

A reportagem do Portal Comunique-se entrou em contato com a direção do Correio Braziliense, mas não teve retorno.

Leia mais

SOBRE O AUTOR

Nathália Carvalho

Jornalista com dez anos de experiência em reportagem. Especializada na cobertura do mercado de comunicação, bastidores do jornalismo, marketing, publicidade e propaganda. Graduada pela Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação e pós-graduada em Cinema, Vídeo e Fotografia: Criação em Multimeios na Universidade Anhembi Morumbi.

COMENTAR

COMENTAR