Portal Comunique-se

Jovem Pan na TV: para diretor, não há risco de concessão ser cassada

jovem pan - estúdio - tv - mtv - canal 32.1
(Imagem: Reprodução/Jovem Pan)

Emissora a ser criada pelo Grupo JP deve ocupar o espaço que já foi da MTV

Compartilhe
banner - aniversário - comunique-se (1)

Apesar de decisão desfavorável no âmbito do Poder Judiciário, a concessão do canal 32.1 da Grande São Paulo não corre o risco de ser cassada. Ao menos é o que afirma um dos diretores da Jovem Pan, empresa de mídia interessada em assumir o espaço para, assim, levar adiante o projeto de televisão. Na visão de Paulo Machado de Carvalho Neto, a versão sobre o cancelamento do espectro não passa de “bobagem”.

Leia mais:

Em texto divulgado em seu perfil no Facebook, Paulito, apelido pelo qual o diretor de rede e expansão do Grupo Jovem Pan é conhecido, atentou-se a explicar que a análise a respeito de concessão de TV cabe a órgãos do Executivo. “O Poder Judiciário, qualquer que seja a decisão, não tem poderes para cassar ou encerrar o funcionamento de uma emissora de rádio ou TV. Para que ocorra é necessário um ato próprio do Ministério das Comunicações encaminhado à presidência da República. Se o presidente da República entender procedente deve enviá-lo ao Congresso Nacional, que é quem delibera”, afirmou o executivo.

O posicionamento por parte de Paulito ocorre uma semana após o site Notícias da TV destacar o fato de a quarta turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) ter considerado ilegal a venda da concessão do canal 32.1 da Grande São Paulo por parte do Grupo Abril para outra empresa. O canal, que nos últimos tempos vem exibindo a programação do Loading, segue no ar, uma vez que o Grupo Abril entrou com recurso e travou o processo. A ação se deve ao fato de tal negociação ter ocorrido sem aval prévio por parte do governo federal.

Nos bastidores da comunicação há a informação de que a Jovem Pan se prepara para assumir a concessão do canal 32.1, espectro que por anos abrigou a MTV (sob gestão do Grupo Abril). Sediada na Avenida Paulista, na cidade de São Paulo, a JP tem investido em estúdios para a futura programação televisiva — tanto que atrações oriundas do rádio voltaram a antigos estúdios enquanto reformas e ajustes são feitos em cenários.

Outras estratégias para a Jovem Pan chegar à TV

Assumir a concessão do canal que um dia exibiu a programação da MTV Brasil não é a única possibilidade de a marca Jovem Pan retornar à televisão. Em reportagem publicada na segunda-feira, 19, pelo jornalista Carlos Massaro, o site TudoRádio explica que o Grupo JP tem planos de lançar ainda neste semestre emissora via satélite (TV aberta) e pacotes de TV por assinatura. O conglomerado já estaria em negociações avançadas para constar em planos oferecidos por Claro TV, Vivo e Sky.

O TudoRádio ainda reforça que o Grupo Jovem Pan já vem transmitindo um de seus principais produtos na televisão por assinatura do Brasil. Desde abril, o ‘Jornal da Manhã’ é exibido ao vivo pelo History Channel.

Compartilhe
1
0

Anderson Scardoelli

Jornalista, 31 anos. Natural de São Caetano do Sul (SP) e criado em Sapopemba, distrito da zona lesta da capital paulista. Formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho (Uninove) e com especialização em jornalismo digital pela ESPM. Trabalhou de forma ininterrupta no Grupo Comunique-se durante 11 anos, período em que foi de estagiário de pesquisa a editor sênior. Em maio de 2020, deixou a empresa para ser repórter do site da Revista Oeste. Após dez meses fora, voltou ao Comunique-se como editor-chefe, cargo que ocupa atualmente.

banner-portal-cse-semana-do-cliente-dino (1)

Papo de Redação

Prêmio Comunique-se

Patrocinadores Ouro

Patrocinadores Ouro



Patrocinadores Prata

Patrocinadores Prata



Patrocinadores Bronze

Patrocinadores Prata