COMUNICAÇÃO

Prefeito é afastado por tentativa de assassinato de radialista

joao paciencia - pdt - radialista hamilton alves - cidade de jorge teixeira
Prefeito do PDT está afastado do cargo (Imagem: reprodução/Abraji)

Em abril, radialista Hamilton Alves foi atingido por cinco tiros no interior de Rondônia. Para promotor, não há dúvidas sobre a ligação de prefeito do PDT com a tentativa de assassinato  

O prefeito de Governador Jorge Teixeira (RO) foi afastado do cargo por tempo indeterminado no dia 12 de outubro, por envolvimento na tentativa de assassinato do radialista Hamilton Alves. João Paciência (PDT) também é acusado de corrupção em caso que envolve fraude nas licitações do transporte escolar do município, localizado a 270 km da capital Porto Velho. A ilegalidade foi reportada por Alves em seu programa ‘Abrindo o Jogo’, na Rádio Nova Jaru.

O radialista foi vítima de uma emboscada na BR-364 em 20 de abril deste ano. O comunicador dirigia entre as cidades de Jaru e Ouro Preto do Oeste e foi atingido por cinco dos oito tiros disparados contra seu carro. Dois homens em uma moto foram os autores da tentativa de assassinato. Alves arrastou-se da ribanceira até a estrada e foi socorrido por um policial e por médicos que passavam pela rodovia. Em reportagem publicada à época da primeira fase da operação, Alves reclamou da ausência de proteção do Estado.

mailing-imprensa-cse
Anúncio

Segundo o promotor Fábio Casaril, responsável pelo caso, não há dúvidas de que a tentativa de homicídio teve relação com a atividade profissional do radialista. A polícia também cumpriu quatro mandados de busca e apreensão na prefeitura e na casa do prefeito.

Vereadores presos

O afastamento ocorre no âmbito da segunda fase da Operação Abrindo o Jogo, deflagrada pela Polícia Civil no início deste mês. Em sua primeira fase, executada no final de julho, os vereadores Antônio Marcos Diógenes Cavalcante (PRP), Neusa de Almeida Santos (PDT), Eranides Pereira de Santana (PT) e outras sete pessoas foram presas.

Leia mais:

SOBRE O AUTOR

Abraji

Abraji

Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. Criada em 2002 por um grupo de jornalistas brasileiros interessados em trocar experiências, informações e dicas sobre reportagem, principalmente sobre reportagens investigativas. É mantida pelos próprios jornalistas e não tem fins lucrativos.

COMENTAR

COMENTAR

Prêmio Comunique-se