COMUNICAÇÃO

TSE nega direito de resposta de Bolsonaro contra a Veja

bolsonaro - veja - tse - direito de resposta
(Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Candidato do PSL perdeu batalha judicial contra a Veja. Bolsonaro queria espaço na revista da Editora Abril.  TSE, porém, não acatou pedido feito pelo presidenciável

Por maioria, 4 votos a 3, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou direito de resposta pedido pela coligação do candidato à presidência Jair Bolsonaro, do PSL. O pedido é referente à reportagem da revista Veja que traz acusações da ex-mulher de Bolsonaro no processo de separação do casal.

O relator do caso no TSE, ministro Luís Felipe Salomão, rejeitou o pedido de direito de resposta. Ele argumentou que a publicação, antes de ser impressa, procurou Bolsonaro, que não respondeu às perguntas da revista.

mailing-imprensa-cse
Anúncio

O vice-procurador-geral eleitoral, Humberto Jacques de Medeiros, recomendou o direito de resposta a favor de Bolsonaro.

A reportagem

A publicação da Editora Abril usa documentos em que a ex-mulher do candidato acusa Bolsonaro de ter furtado o conteúdo de um cofre de propriedade do casal, e omitido patrimônio à Justiça Eleitoral. Hoje, a ex-parceira do candidato nega as acusações feitas no passado.

Leia mais:

***** ***** ***** ***** *****

Reportagem: Lucas Pordeus León

SOBRE O AUTOR

Radioagência Nacional

Criada em 2004 e disponibiliza, de forma gratuita, conteúdos produzidos pelas emissoras de rádio da EBC e pelas rádios públicas parceiras, entre reportagens, entrevistas, programetes e spots. Os áudios são utilizados por mais de 3 mil emissoras cadastradas, entre rádios comunitárias, públicas e privadas.

COMENTAR

COMENTAR