AUDIÊNCIAS

TV Brasil registra melhor audiência de sua história em São Paulo

marina machado - sem censura - tv brasil - audiência - ibope - região metropolitana de são paulo
Marina Machado comanda o 'Sem Censura', uma das novas atrações da TV Brasil, que comemora bons índices no Ibope. Imagem: Divulgação/EBC

Emissora comemora o Ibope alcançado na região da capital paulista

“Resultado histórico”. É assim, exatamente com essas palavras, que a equipe da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) destaca os índices de audiência alcançados recentemente pela TV Brasil na Região Metropolitana de São Paulo. Há duas semanas, a emissora registrou o maior Ibope de sua história na localidade.

Leia mais:

De acordo com a EBC, a TV Brasil chegou a contar com mais de 14 mil telespectadores por minuto na Grande São Paulo no início do mês. No consolidado de 3 a 9 de maio, o canal teve crescimento de 137% no comparativo com o mesmo período de 2020. Nesse sentido, a empresa divulga, ainda, que a região já contabiliza mais de 7,2 milhões de telespectadores para a emissora na parcial deste ano.

Nova programação

O crescimento no Ibope em São Paulo ocorre em meio à implementação de nova programação. Em março, a emissora anunciou mudanças na grade. Entre as novidades estiveram a contratação de Marina Machado, que passou a conduzir o ‘Sem Censura’, e o desenvolvimento de noticiários locais — com o ‘Repórter São Paulo’ entre eles.

A notícia referente à Região Metropolitana de São Paulo não foi, contudo, a primeira referente ao bom desempenho da nova programação da TV Brasil no Ibope. Há duas semanas, o destaque havia sido o fato de o ‘Sem Censura’ ter conseguido ficar entre as quatro maiores audiências em duas importantes praças para o mercado televisivo: Rio de Janeiro e Distrito Federal, conforme registrou este Portal Comunique-se.

Advertisement

SOBRE O AUTOR

avatar

Anderson Scardoelli

Jornalista, 31 anos. Natural de São Caetano do Sul (SP) e criado em Sapopemba, distrito da zona lesta da capital paulista. Formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho (Uninove) e com especialização em jornalismo digital pela ESPM. Trabalhou de forma ininterrupta no Grupo Comunique-se durante 11 anos, período em que foi de estagiário de pesquisa a editor sênior. Em maio de 2020, deixou a empresa para ser repórter do site da Revista Oeste. Após dez meses fora, voltou ao Comunique-se como editor-chefe, cargo que ocupa atualmente.

COMENTAR

COMENTAR

Prêmio Comunique-se

2021

A segunda etapa de votação está aberta!